quinta-feira, 29 de junho de 2017

EXTRA: Como era a versão original de Bulletproof?

Annyeong!
Se você veio parar aqui, há uma chance boa de ser uma leitora da série Bulletproof. Esse post é um conteúdo extra falando sobre como era a série em sua versão original, como a história foi pensada inicialmente. Por que colocar aqui e não no Nyah!? Ora, o Nyah! É um site ficcional, e isso aqui não é ficção. Eu poderia até dar um jeitinho, mas acho que fica melhor aqui, então vamos lá para a lista de verdades que você não sabia sobre a história original!
1 – YUMII NÃO MORREU
Sim, a versão alternativa do final de Bulletproof Wings é, na verdade, a versão original. Yumii realmente foi para o Segundo Mundo, mas com cabelo rosa. Ou seja, estava em coma e sobreviveu à tentativa de suicídio.
2 – O CASAMENTO DE JUNGKOOK E YUMII
A menina ia ficar no Segundo Mundo por alguns dias, mas sem se reconciliar com Jungkook, nem com ninguém. O casamento dos dois seria forçado, mas a menina racharia justo nessa hora, salvando o Jungkook de um casamento desnecessário.
3 – SUNGHEE NO SEGUNDO MUNDO?
Como? Bem simples: na hora do parto, tudo daria errado. Sunghee morreria e Yumii entraria em um mini coma, só pra entregar a filha nos braços da primeira pessoa que encontrasse, que no caso foi Jin (que obviamente não era seu irmão gêmeo).
4 – CASAIS PRIMEIRISTAS (E UMA PROLE INTERESSANTE)
Sehun e Yumii realmente ficavam juntos e Baekhyun ficava para a Yonseo.  O primeiro casal teria um filho chamado Jungkook, e o segundo uma filha chamada Taeyeon. Depois de crescer, eles fariam um duo de K-pop (Taekook), lançando todas as músicas que o BTS não teve tempo de lançar.
5 – CASAIS SECUNDARISTAS (E O YAOI QUE VOCÊ SEMPRE QUIS)
Os casais secundaristas são uma doideira. Obviamente, você deve supor o amado Namjin, que é verídico também na versão original, mas não são o único Yaoi. Lembra que Taehyung e Hoseok casaram juntos? Então, na versão original não tinha Michung nem Géssyca, então eles casaram juntos... Um com o outro. E Jimin não ficava pra Nana, é claro: em vez de ser um Oppa distante, sua boa relação com a Sun o aproximaria do Jungkook. Não seria legal se o Jimin fosse padrasto da Sun? Sim, então temos: Namjin, V-Hope e Jikook. Aliás, foi assim que Yoongi foi escolhido para ser o amor da Sunghee, já que era o único Oppa que sobrava.
6 – OUTROS PERSONAGENS
A versão original não tinha nada de GOT7 no Segundo Mundo, é claro. Aliás, todos os idols de fora do BTS foram inseridos no embalo da situação. Sem o casal Yukook, nada de Mães-sem-filhos, nem de Seohyun, nem de Nana, mas os pais do Taehyung são da versão original. E Nana também demorou pra ser colocada como avó do Namjoon. Como não havia Géssyca, ela também não fazia parte da Casa Daegu, e o Min Holly também não (como se os cachorros tivessem vida de tartaruga marinha). Sem Yonhun, não teria Hansung nem Samha (ele não seria mostrado crescido).
7 – OUTRAS CENAS
INVESTIGAÇÃO: Boa parte da investigação do Chung Ho no primeiro mundo foi ideia de Jenny. Eu só peguei o bonde e coloquei o Baekhyun pra ser o atropelador.
15 ANOS DA SUNGHEE: Foi uma das primeiras coisas planejadas para a continuação, mas originalmente haveria o début de Sunghee como idol, inspirada pelo irmão no Primeiro Mundo. Ela faria homenagens aos Oppas cantando trechos de seus solos. A música bonitinha para o Yoongi já aconteceria aqui, e o refrão era em inglês.
LUTA CONTRA O CBX: Foi pensada já com os novos shipps. A gravidade do caso do Baekhyun foi só para fazer aquela cena bonitinha do beijo. E ela acontecia na saída do beco (não havia sido pensada uma mudança de vida para os meninos, nem para Yonseo).
JIN DOENTE: Foi pensada antes do Namjin ser oficializado. Quem o encontrava era Sunghee, que insistiu que ele a deixasse chamar alguém. Assim, Namjoon foi convocado para cuidar dele. Para avisar sobre o acúmulo de sangue na boca, Jin sinalizaria com a parte principal da coreografia de Blood Sweat and Tears (porque já estava suando e chorando, e não podia falar). Na verdade, o sangue só surgiu na história para completar a trindade.

LUTA FINAL: Não tinha Yumii, nem as outras meninas, nem o GOT7, mas já tinha Seohyun. Ela e os pais do V seriam os três reféns. Quando Yumii foi passada para o Segundo Mundo, ela também era refém, mas depois a situação mudou. Nana e Eva foram acrescentadas por último. Originalmente, o Campeonato era julgado por um espectro qualquer. Já a Florzinha só foi colocada um dia antes da postagem do capítulo!